quarta-feira, outubro 29, 2008

The cruel bed



I have a very cruel bed
She plays around with my sleep
… ‘cuz I can’t find you in it

I’ve fumbled every inch
Pretending about your skin
Wrapped with the sheets, I take a spin. Or two
Playing inside of your arms, I imagine. Or I remember.

But she is really, really bad
She should have you dreamin’ in
… As I'd fall asleep
I'd be just as far as you


ilustração de Camila Reis

2 comentários:

Joana disse...

Parabéns à Sofia, parabéns Camila!
Parabéns ao duo!

Faço votos para que continuem a escrever, a desenhar, a compor, a solo ou a quatro mãos, como aqui. Esta vossa parceria está a produzir coisas muiro interessantes. Vivam também as novas tecnologias que permitem estes encontros à/sem distância!

splendid disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.